7 coisas que mudaram na minha vida depois do terceiro filho

0

Muito coisa mudou na minha vida depois que a Estela chegou e acompanhei bem de perto a descoberta da Olívia, terceira filha da Débora que escreve o Blog A Mãe Coruja. Ela aceitou meu convite e conta hoje pra gente “7 coisas que mudaram na minha vida depois do terceiro filho”.

Não é fácil esta pegada com 3, gente, mas é muito bom! Leiam e percebam isto através deste relato da Débora.

o que muda com a chegada do terceiro filho

Depois que Olivia nasceu a pergunta que mais escuto é: “como tem sido a vida como mãe de três?“.

Acho essa curiosidade super normal, afinal, tem muitas mães que são loucas para aumentar a família com mais filhos, e outras precisam da confirmação da loucura (já dando um pequeno spoiler no meu texto :)) que é a vida sendo mãe de três!

As mudanças não foram tão grandes, mas o tempo, que já era corrido, agora passa na velocidade da luz! Nos meus dias nunca cabe tudo o que me proponho a fazer, e confesso que essa é uma das coisas que ainda não aprendi a lidar.

Em compensação, ter o terceirinho foi a melhor coisa que me aconteceu! Nunca, e digo nunca mesmo, aproveitei e babei tanto num dos meus filhos como faço com Olivia.

Também já descobri o que foi que mudou de uma gravidez pra outra e vou contar para vocês!

No primeiro, mãe de primeira viagem, só fazia ter medo e receio! Não tinha segurança nenhuma para bater o martelo e confiar em mim! Seguia mais os pitacos alheios do que meu instinto. Um desastre (graças a Deus que mudei) quase total.

No segundo era tanta confiança (“tô calejada, esse vai ser fichinha“) que me esqueci do detalhe mais importante: um filho nunca é igual ao outro, nunca!

E, enfim, veio o teceirinho, que só tinha certeza de uma coisa: “deixa a vida (ou no caso, a maternidade) me levar”. E assim foi, e assim está sendo!

7 principais mudanças com a chegada da pequena Olívia

Mas, as mudanças são impossíveis de serem negadas: se com um filho tudo muda, imagina com três? Por isso fiz uma listinha com as 7 principais mudanças que senti com a chegada da minha pequena Olívia:

  1. Nós ficamos em desvantagem: quando digo nós, estou falando dos adultos da casa. É meio louco pensar que dentro da minha casa moram mais crianças que adultos, e confesso tenso também, porque a gente nunca sabe o que um deles está aprontando :).
  2. Eu tenho mais filhos que mãos pra segurá-los: quem foi que disse que eu tenho coragem de sair com meu trio sozinha? Ou saio com Olívia e Caio ou com Clara e Olívia. Com os três, só se o marido estiver presente!
  3. Um sempre fica sobrando: esta é uma das partes difíceis de se ter três filhos, porque a gente se desdobra (ou se triplica) para dividir nossa atenção por três, mas tem dias que é um desastre total.
  4. Um dos filhos sempre vai querer chamar mais a sua atenção: se com dois já era assim, imaginem com três o que eles não fazem pra ter nossa atenção totalmente voltada pra eles?
  5. Dormir nunca mais: às vezes fico completamente impressionada como eles conseguem se revezar certinho para me acordar a noite. Juro! Se fosse combinado não daria tão certo.
  6. No meu carro só andam crianças: com os três lugares atrás ocupados pelas cadeirinhas e crianças, mais os dois da frente por mim e meu marido, se chegar mais um filho, vamos precisar de uma minivan, e quem sabe até conseguimos montar um time de futebol, né? 🙂
  7. E o amor que só cresce: essa aqui ficou por último e não por acaso! É impressionante como nosso coração consegue aumentar de tamanho com cada filho que chega. Um amor único para cada um, sem preferências ou exigências. Aliás, exigimos sim, que eles sejam imensamente felizes!

A vida depois do terceiro filho muda sim, fica muito mais corrida, mas digo com toda a certeza de uma mãe de três, que também se torna ainda mais incrível, se é que isto é possível.

Beijos,

Débora

DEIXE UMA RESPOSTA